Gigantes tricolores,
Após mais uma temporada mentirosa (falaremos no próximo post), o Tricolor encerra o ano com um novo técnico para 2017. Rogério Ceni e São Paulo não conseguiram ficar mais de um ano longe. Parece casamento que precisa de um tempo para retomar com força total.
Foram 26 anos de dedicação ao clube como atleta e um ano sabático para descansar. Descansar?
O agora professor Rogério Ceni, tirou todo esse ano de 2016 para estudar e conhecer o MUNDO do futebol. Treinadores, clubes e formas como trabalham fez com que o Mito não perdesse tempo e obcecado pelo clube, já voltou com um plano de trabalho muito bem traçado que deixou o atual presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, sem palavras a não ser, aceitar e dar todo o suporte que ele precisa.
Seu contrato já mostra que ele não quer ganhar dinheiro e sim, tranquilidade para colocar em prática o que vivenciou no futebol, seu status como ídolo e seus estudos.
Rogério Ceni já mostrou que não está para brincadeira. Confirmou nessa semana dois europeus com bagagem em estudos táticos e preparatórios de respeito.
O inglês Michael Beale, é um estudioso do futebol com muita experiência em categorias de base. Já publicou nove livros sobre o futebol, tem licença A da Uefa, e 15 anos entre Liverpool e Chelsea.
Já o francês Charles Hembert, é um executivo esportivo que estava trabalhando para CBF nas questões logística da seleção, viagens e mídias. Além da CBF, trabalha para empresa Pitch International. É uma agência líder de marketing esportivo que se especializa na representação de mídia e direitos de parceria em nome de algumas das mais prestigiadas organizações no esporte global. Fluente em 4 línguas (Português, italiano, inglês e espanhol)
Michael Beale e Charles Hembert já trabalham com Ceni no Brasil. No último domingo, eles assistiram juntos à goleada de 4 a 0 do São Paulo sobre o Capivariano, no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista Sub-20.
Após quase dois anos no portunhol, o inglês e o francês terão o espanhol de Diego Lugano e o português de Pintado como complemento da base para ajudar o Rogério Ceni começar com pé que tanto nos deu alegrias.
Ainda é cedo para ter uma opinião, já que o Mito ainda nem se apresentou (deve ocorrer nessa próxima quinta-feira), mas uma coisa é fato, o São Paulo tem tudo para novamente como em 1957 com o húngaro Bela Guttman reconstruir o clube e o nosso futebol.
Siga o Super Four Paulista também nas Redes Sociais:
https://www.facebook.com/SuperFourPta
https://instagram.com/SuperFourPta
https://twitter.com/SuperFourPta

3 COMENTÁRIOS

  1. Amigão, depois do ‘desmanche chinês’, algo que não aconteceu com o seu time, tenho plena consciência dos problemas que se abateram sobre o meu, porém se vc quiser e tiver peito pra citá-los, o faça na página específica de seus colegas que escrevem sobre o Timão. Até onde entendo, vc escreve sobre o tricolor do Jd. Leonor, certo? Então, não faça isso aqui tentando justificar a incompetência do seu time. Quando critiquei, vc nunca teve argumentos e sempre replicou falando do quintal dos outros, sempre relutou pra admitir a própria decadência, algo bem característico dos coloridos. Nesse ‘último’ comentário, abordei um fato que certamente irá acontecer… bota na sua cabecinha: “vcs vão comer na mão do m1co”. Podendo contestar essa minha visão, como sempre respondeu com evasivas, não tem capacidade pra fazer outra coisa. O tempo dirá que tenho razão e vc vai se lembrar deste que lhe escreveu. Aproveito pra me despedir…durante todo o tempo que te peguei no pé, me diverti demais com seus delírios e viajadas. Mas agora deu! Uma coisa é certa: se fizer uma rápida retrospectiva, verá que apesar de todo o sarro constante que lhe tirei, sempre tive razão em minhas observações afinal, nesse tempo todo, seu time nunca conseguiu sair do atoleiro, fato este que ainda persistirá por muito tempo. Então, não me leve a mal mas, espero que assim como fiz nesse tempo, alguém passe a comentar seus posts pra que suas publicações passem a ter algum sentido. Bem, a única certeza que tenho é que seu time continua sendo, queira ou não, nosso #freguêshistórico, que o #eterno6x1 é definitivo e que vcs continuarão a ser as #viúvasdom1co. Grande abraço e até um dia!

  2. O primeiro ‘salvador da pátria’ eleito foi o tal do Lugano, depois o mediano zagueiro Maicon, depois um que não joga… Marco Aurélio Cunha e, como era de se esperar, nada aconteceu… a única coisa que conseguiram foi fugir do rebaixamento. Mas agora vai, hein! O “fetiche” (e como vcs adoram isso!) da vez é o M1co… está de volta ao Jd. Leonor a arrogância, a prepotência e o egocentrismo. Escrevam aí, o “dono” do clube volta pra que vcs ‘comam na mão dele’. Só que tem um pequeno detalhe: com o cofre quebrado e com esse material humano, nem o narigudo dá jeito. E, como bem disse o atual treinador campeão da Copa do Brasil na coletiva pós título, “quem sabe, sabe… não precisa estudar”. Huummmm, soou como uma baita alfinetada! #freguêshistórico #eterno6x1 #viúvasdom1co (ainda)

    • Quanto ódio nesse coração… Relaxa é Natal

      “Tite também foi estudar”
      E hoje é técnico da seleção.

      Renato Gaúcho é uma figura, mas nunca passará de um técnico de seis meses.

      Falando do cofre e dos jogadores como se seu umbigo estivesse limpo…hahahahaha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here